O Novo Mercado é um segmento especial do mercado de ações da Bovespa, destinado exclusivamente a companhias que atendam a requisitos mínimos e aceitem submeter-se a regras de "governança corporativa" diferenciadas. Os itens abaixo resumem os principais pontos que caracterizam o Novo Mercado e são aplicáveis à Companhia.

  • O capital deve ser composto exclusivamente por ações ordinárias com direito a voto;
  • No caso de venda do controle todos os acionistas têm direito a vender suas ações pelo mesmo preço (tag along de 100%);
  • Em caso de deslistagem ou cancelamento do contrato do Novo Mercado com a BM&FBOVESPA, a empresa deverá fazer oferta pública para recomprar as ações de todos os acionistas no mínimo pelo valor econômico;
  • O Conselho de Administração deve ser composto por no mínimo cinco membros, sendo 20% dos conselheiros independentes e o mandato unificado de dois anos;
  • Mínimo 25% das ações em circulação (free float);
  • Divulgação de dados financeiros mais completos, incluindo relatórios trimestrais com demonstração de fluxo de caixa e relatórios consolidados revisados por um auditor independente;
  • Disponibilização de relatórios financeiros anuais em um padrão internacionalmente aceito;
  • Necessidade de divulgar mensalmente as negociações com valores mobiliários da companhia pelos diretores, executivos e acionistas controladores.

As ações ordinárias da Localiza são negociadas no segmento do Novo Mercado da BM&FBOVESPA (Bolsa de Valores de São Paulo) sob o código "RENT3"

Antes de procurar uma Corretora de Valores, sugerimos que você estude o assunto no site da BM&FBOVESPA, comece pela aba “Como Investir”.

Depois disso, o próximo passo é você procurar uma Corretora de Valores. As Corretoras e outros intermediários financeiros dispõem de profissionais voltados à análise de mercado, de setores e de companhias, e com eles você poderá se informar sobre o momento certo de comprar e vender determinadas ações para obter melhores resultados.

Você também pode negociar ações via Internet. Para tanto, é necessário que você seja cliente de uma Corretora certificada pela BM&FBOVESPA que disponha do sistema Home Broker, o qual permite a negociação de ações via Internet.

A Localiza possui programa de ADR nível I negociado com o símbolo LZRFY no mercado de balcão OTCQX.

As ADRs são certificados negociáveis em dólares americanos que representam a posse de ações de uma companhia não-americana. As ADRs da Localiza representam ações ordinárias da Localiza depositadas junto ao banco depositário que dão lastro ao certificado e carregam os direitos vinculados a elas, como detalhado no DepositaryAgreement. Os donos de ADRs recebem dividendos em dólares americanos (se aplicável) e têm o direito de votar nas decisões dos acionistas. Os termos ADR (American DepositaryReceipt) e ADS (American DepositaryShares) são freqüentemente usados de forma intercambiável. As ADRs são especificamente desenhadas para facilitar a compra, manutenção e venda de ações não-americanas por investidores americanos. Para maiores informações vide a área de “ADR- Perguntas Frequentes”.

O Estatuto Social da Companhia assegura aos acionistas o direito ao recebimento de um dividendo obrigatório anual não inferior a 25% (vinte e cinco por cento) do lucro líquido do exercício, diminuído ou acrescido dos seguintes valores: (i) importância destinada à constituição da reserva legal; (ii) importância destinada à formação de reserva para contingências e reversão das mesmas reservas formadas em exercícios anteriores; e (iii) importância decorrente da reversão da reserva de lucros a realizar formada em exercícios anteriores, nos termos do artigo 202, inciso II da Lei nº 6.404/76.

O pagamento poderá ser feito na forma de dividendos ou juros sobre o capital próprio, calculados sobre as contas do patrimônio líquido, observados a taxa e os limites estabelecidos na legislação fiscal. O valor pago aos acionistas a título de juros sobre o capital próprio será deduzido do valor do dividendo mínimo obrigatório.

Para maiores informações acesse "Dividendos e Política de Dividendos" divulgada no tópico "Informações aos Acionistas".

a) Para calcular o número de carros a serem vendidos:
Aluguel de carros – cerca de 80-90% da frota de final de período do ano anteriores
Aluguel de frotas – cerca de 30% da frota de final de período do ano anterior

b) Para calcular o número de carros a serem comprados:
i) Renovação = número de carros vendidos
ii) Crescimento = frota de final de período – frota inicial

c) Para calcular a frota de final de período:
= Frota inicial x (1+ % de crescimento) x (taxa de utilização do ano anterior / taxa de utilização projetada)

Conclusão:
CAPEX para renovação = número de carros comprados para renovação x (preço médio de compra – preço médio de venda)
CAPEX para crescimento = número de carros comprados para crescimento x preço médio de compra
Dívida = CAPEX – (EBITDA – juros – impostos – dividendos)

O preço médio do carro vendido é calculado dividindo-se as receitas brutas de venda de veículos pelo total de veículos vendidos no período.

O preço médio do carro comprado é calculado através da divisão do investimento em frota pelo número de veículos comprados no período.

Estas informações estão disponíveis nos relatórios de divulgação dos resultados.

O valor depreciável é a diferença entre o preço de aquisição do carro e o preço de mercado estimado na data prevista de venda, deduzido das despesas para a venda.

Na divisão de aluguel de carros a depreciação é calculada pelo método linear durante a vida útil estimada dos carros nesta divisão, em 12 meses, já que os custos de manutenção são pouco relevantes no primeiro ano de uso do carro.

Na divisão de aluguel de frotas a depreciação é calculada pelo método da soma dos dígitos (método SOYD) ou exponencial, sendo a vida útil estimada em até 4 anos. O método SOYD proporciona cotas de depreciação maiores no início e menores no final da vida útil, permitindo à Localiza Gestão de Frotas maior uniformidade nos custos, que são crescentes ao longo do contrato devido ao incremento nos custos com manutenção dos carros, em linha com a característica de longo prazo dos contratos do aluguel de frotas

O cálculo do custo depreciado dos carros vendidos consiste no valor de aquisição dos carros, depreciado até a data da venda, reduzido do desconto técnico. O desconto técnico é o desconto concedido ao comprador em função de reparos necessários que não foram realizados. A apropriação de custos destes reparos é a débito dos custos operacionais e crédito no custo dos carros vendidos.

Frota alugada: no aluguel de carros, é obtida pela divisão do número de diárias utilizadas no período pelo número de dias do período. No aluguel de frotas ela é o número de carros efetivamente alugados no período.

Frota operacional: são carros disponíveis para aluguel, não incluindo os carros em mobilização (em fase de licenciamento) e em desmobilização, nem os carros disponíveis para venda nos Seminovos.

A divisão da frota alugada pela frota operacional resulta na taxa de utilização dos carros.

Frota de final de período: engloba os carros disponíveis para o aluguel e ainda os carros em mobilização, desmobilização e os carros disponíveis para venda nos Seminovos.

Na Demonstração de Resultados computa-se na rubrica Custo do Veículo Vendido o custo de aquisição dos carros (e seus acessórios), sem correção monetária, depreciado até a data da venda, reduzido do desconto técnico até 2010. O desconto técnico corresponde ao desconto no preço do veículo seminovo concedido ao comprador em função de reparos necessários, que não foram realizados previamente à sua colocação para venda. Trata-se de manutenção não realizada pelos segmentos de aluguel de carros e aluguel e administração de frotas, enquanto o carro destinava-se à locação. Assim, é efetuada uma reapropriação de custos, imputando-se esse valor aos custos operacionais diretos dos segmentos em contrapartida a uma redução do custo do veículo vendido.

Na Demonstração de Fluxo de Caixa o desconto técnico não é computado já que o objetivo desta demonstração é movimentar a conta do ativo - veículos operacionais, demonstrando as aquisições e as baixas do período.

A partir de 2012, a Companhia optou por contabilizar os acessórios de menor valor(até R$326,00) como por exemplo, rádio, tapetes, etc, diretamente na linha de custos de aluguel por ser antieconômico o controle individual destes bens no ativo fixo.Até 2011 estes valores eram registrados no ativo imobilizado e depreciados na vida útil operacional dos carros e, portanto, não afetavam o EBITDA.

 

CADASTRE-SE NO MAILING

Localiza nas redes sociais
Localiza

Informações ao consumidor:

Localiza Rent a Car S/A - www.localiza.com - CNPJ nº 16.670.085/0001-55

Sede: Avenida Bernardo Monteiro, nº 1563 - Funcionários - CEP: 30150-902 - Belo Horizonte - MG.

Telefone: 0800 979 2000 - E-mail: centraldereservas@localiza.com

Novo Mercado, Ibovespa, IBrX50, Itag, otcOx
RiWeb